Homem-Formiga: Crítica

Ant-Man

Título Original: Ant-Man

Gênero: Ação, Ficção Científica

Duração: 117 min

Ano de lançamento: 2015

Diretor: Peyton Reed

Roteiro: Edgar Wright, Joe Cornish, Adam McKay, Paul Rudd. Quadrinhos: Stan Lee, Jack Kirby e Larry Lieber

Elenco: Paul Rudd, Evangeline Lilly, Michael Douglas

Não sou a pessoa mais indicada para escrever sobre um filme da Marvel, já que sou Decenauta (curto DC) e não cedo muito as produções desse universo. Mas aqui estou para criticar esse filme que me impressionou.

Homem-Formiga não chamou tanto a  atenção do público como Vingadores 2 (já falaremos um pouco sobre ele), então isso poderia ser um fator para baixar a expectativa de muitas pessoas, no entanto, depois de ver o filme vi pessoas impressionadas com o que viram e comentando sobre como o filme foi bom.

Concordo plenamente com essas pessoas. Não esperava nada de Homem-Formiga, parecia ser um filme de herói tão “fraquinho”, tanto o herói, quanto o filme. O super poder de encolher parece, à primeira vista, uma habilidade inútil, mas que torna-se incrível. A força de um super humano do tamanho de uma formiga, isso é fantástico.

O filme conta, obviamente, com muitos efeitos especiais, especialmente para as cenas que se passam na escala reduzida do herói. Esses são feitos de maneira perfeita, sem que seja perceptível algum erro, o que faz dessas cenas um motivo de pensamento para o espectador que pensa: “Será que não aumentaram a escala dos objetos pra gravar?”. Além disso, nas cenas de Continuar lendo

Anúncios